Modo de Leitura

CATEGORIA

Artigos

Veja os posts dentro da categoria →

ver todos os temas
A ÚLTIMA PRECE DA IGREJA CHILENA

Se não há alma, tudo é permitido: todo desejo, toda torpeza. Só não é autorizado amar a Cristo.

A ARMA DO CAIPIRA OU A LETRA QUE MATA

Se fazer justiça é apenas repetir a lei, os juízes podem ser substituídos por máquinas. Mas não estaria a justiça oculta por trás da letra fria?

ABANDONE A TERRA DO NUNCA

A sociedade repousa sobre a importância de saber amadurecer.

A LIÇÃO DE TOLKIEN SOBRE A FIDELIDADE

Cristão devotado, Tolkien em sua obra aponta a importância do bem e das virtudes: amor, coragem, lealdade, amizade, justiça, compaixão, mas, acima de tudo, fé. Mas qual seria o valor da fidelidade?

QUER SER REVOLUCIONÁRIO? NÃO FAÇA DIREITO

O Direito é um curso conservador, por mais que isso irrite aos flocos de neve revolucionários, porque só existe enquanto se perpetua e segue suas regras.

SUPER HOMEM, JUÍZES E JORNALISTAS

Não há antagonismo entre profissões, mas entre o bem e o mal. Nessa luta, de que vale um feiticeiro que não encanta armas ou armaduras?

A MENTIRA, A LIBERDADE E A SOCIEDADE: A CENSURA (IM)POSSÍVEL

Em um regime democrático diz-se que todos são iguais. Nesse caso, a quem competiria limitar a liberdade de expressão do outro? Com base em quais parâmetros? Seria melhor admitir mais liberdade, mesmo com o risco das mentiras e ilusões, do que um controle do discurso?

A HISTÓRIA TEM FIM: POTÊNCIA, INFELICIDADE E UM POUCO SOBRE TRIBUNAIS

O Iluminismo, grosso modo, trouxe dois grandes presentes em sua caixa de Pandora: a ideia de que Deus não existe e é só um mito de mentes obscuras, e a de que a humanidade pode tudo com sua potência de animal racional.

ENCONTRARÁS DRAGÕES

É preciso, antes de tudo, admitir que odiar é um prazer. Se alguém pudesse transformar o ódio em substância e vendê-lo, teria a mais viciante, mais intoxicante poção que a humanidade já viu.

A HUMANIDADE NÃO PRESTA

Com a pandemia e o recolhimento, fazendo com que a Natureza volte a um estado menos perturbado em razão da ausência humana, virou moda dizer que o vírus é o homem. Faz sentido?

BONS MODOS E COTIDIANO FORENSE

Educação não é fraqueza. Fraqueza é tratar os outros a coices e esperar ser respeitado. Você pode mandar sem chicote, pode discordar sem agressão, pode até dizer que o outro está errado sem feri-lo.

“VOCÊ SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?” ou O PAÍS DOS “COROCHÉIS”

Imagine um país no qual a truculência e a burocracia de uma oligarquia oprimisse um povo e a frase mais ouvida fosse: "você sabe com quem está falando?".

TUDO BEM SER VOCÊ

Há dias em que não dá para ser produtivo. Quem já ficou muito doente ou cuidou de alguém assim, quem foi vítima de injustiça ou só quem se cansou sabe que às vezes a maior vitória é chegar ao fim do dia.

Quando até os palhaços forem calados

Em 2017 publiquei esse artigo acadêmico sobre liberdade de expressão e seu valor democrático.

O LEITEIRO DE LONDRES E AS BOMBAS QUE NOS FRAGMENTAM

Ninguém é imune aos bombardeios da vida. Qual a solução possível?

A FRAGILIDADE DO CAPITALISMO É A FRAGILIDADE DA VIDA

O capitalismo não é frágil porque não pode ficar parado sob pena de colapso. A vida é que demanda movimento, e somente o trabalho gera bens e circulação de riquezas.

A ECONOMIA, A PANDEMIA E A LIÇÃO DE CHURCHILL

Dizer que existe uma decisão fácil entre a quarentena e a economia é, ou delírio, ou oportunismo. As variáveis são inúmeras e a decisão trágica deve prever o que trouxer menos prejuízos.

COMO LIDAR COM A TRAGÉDIA: A FRAGILIDADE HUMANA, DEUS E A FORTUNA

O ser humano em uma sociedade próspera pode se dar ao luxo de "matar a Deus" e considerar-se imortal. Mas e quando chega a tragédia?

O MUNDO REAL X O JUIZ DE GARANTIAS: DADOS E NÚMEROS NO PAÍS DO IMPROVISO

O juiz de garantias chega ao Brasil, aparentemente, sem planejamento. Alguém já pensou no custo humano e financeiro dessa medida?

JESUS, O CENTURIÃO ROMANO E O PORTA DOS FUNDOS

Além das críticas às ofensas, quem professa o cristianismo deve sempre se perguntar o que tem feito para propagar a fé pelo exemplo.

JUSTIÇA A FAVOR DO CAOS: QUANDO A FUNÇÃO DE JULGAR SE TORNA MILITANTE

O Judiciário não faz política, nem assistência social. Se esse poder não estiver lá para garantir a estabilidade das leis, quem estará?

UM CUBANO NO UBER

Ouvir acerca de Cuba sobre quem lá nasceu e escolheu fugir para a liberdade, encontrando no Brasil quase que mais do mesmo.

O TORPOR, O MEDO E A VITÓRIA DO MAL

A voracidade dos criminosos não possui limite: já não se contentam em ter tudo, querem humilhar e subjugar cada pedaço do que nos faz humanos, querem reduzir todos ao mais degradante nível de submissão aos seus desejos.

ABUSO DE AUTORIDADE: ENTRE A LEI E A JUSTIÇA

Rosa Parks (1913-2005) ensinou que, diante da injustiça, a justiça não deve recuar, nem responder com violência. Como ver a nova Lei de Abuso de Autoridade?

LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE: O FIM DO BRASIL E A  FESTA DO CRIME

O crime venceu dentro da legalidade. Há lei no Brasil, mas não há JUSTIÇA.

PL DE ABUSO DE AUTORIDADE: NÃO É SOBRE APANHAR, PRESIDENTE, MAS SOBRE FAZER A COISA CERTA

Qualquer ação não deve ter por objetivo agradar alguém, mas fazer a coisa certa.

A forma da água, a deformidade da alma

Algumas considerações sobre o filme "A forma da água" (the shape of water) para fora da dicotomia política.

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE SOBRE O PL DE ABUSO DE AUTORIDADE SELETIVO

Sob a alegação de abuso de autoridade ameaça-se colocar no banco dos réus os juízes, promotores e policiais que ousarem aplicar a lei.

O EFEITO MORO, A IRA DA VELHINHA DE TAUBATÉ OU PORQUE O POVO SE CANSOU DE BANDIDO

Para a população não interessa mais o discurso da "aristocracia intelectual" brasileira, querem que a lei tenha efeito, a Justiça se faça presente e que a impunidade não seja mais a regra no país.

SE O JUIZ É SÍMBOLO DA JUSTIÇA, HÁ DE COMBATER A INJUSTIÇA

Muito se discute se os juízes combatem ou não o crime no exercício de suas funções. É de se perguntar o que os criminosos pensam sobre isso.

O INOCENTE MENINO RHUAN E A COMPADECIDA

O menino Rhuan foi morto por ser quem é, e não quem queriam que ele fosse. Seu martírio, por mais triste, deve ser alvo de reflexão.

AS NOTÍCIAS QUE CONFIRMAM NOSSOS DESEJOS

A forma como a propaganda reforça nossas ideologias, desejos e preconceitos nem sempre é percebida. Um convite à reflexão em tempos de julgamentos sumários.

Todo dia é o Dia-D

Na data em que se comemora o Dia-D, operação dos Aliados contra o Eixo na Segunda Guerra Mundial, é sempre bom lembrarmos o valor da liberdade.

É errado comer suas crianças - parte 2

A prática do aborto no Brasil é tratada sem a seriedade necessária e sem a análise de elementos sociais e do próprio vínculo da realidade. A sua liberação impensada tende, ao contrário do que defendem alguns, a manter a mulher na submissão. Texto de agosto de 2018.

É errado comer suas crianças - parte 1

“Não se esqueça de que é errado comer suas crianças”. Essa é uma frase de um cartaz da antiga União Soviética, possivelmente da década de 1930, lembrando aos pais que não é certo comer seus filhos, por mais que tenham fome. Texto de agosto de 2018.

É assim que acaba a liberdade, sob estrondosos aplausos

Em 2016, a tentativa de calar os juízes independentes era grande com o projeto de abuso de autoridade. O quanto isso mudou em 2019?

A imitação de Cristo, o contrato social e a impunidade

Qualquer sociedade se erige primeiro em deveres, para depois conseguir garantir os direitos. Se os primeiros não forem praticados, os segundos com certeza não estarão garantidos.

A cadeira vazia na sala da Justiça

Enquanto o réu e o condenado são celebrados, as vítimas e seus parentes são esquecidos durante e após o processo judicial. Isso precisa mudar.

Liberdade de papel: 5 milhões de leis em um país inerte

Um dos maiores vícios do Brasil é resolver problemas apenas no papel. Cinco milhões de leis dormem sem ação em um país que todo dia pensa em novas normas.

Queimando o bom senso

O incêndio do Museu Nacional em 2018 e a desinformação da mídia.

Livre imprensa, Democracia e Justiça

Liberdade de imprensa é essencial para qualquer democracia, e cabe ao Judiciário resguardar esse direito no interesse da nação.

Sobre Justiça e trevas

Buscar a Justiça é lidar com as trevas. Esse é o trabalho da Magistratura.

A violência e o outro

A ideia de uma sociedade mais pacífica passa pelo conhecimento do outro.

A CORAGEM DE JOÃO BATISTA E OS HERODES MODERNOS